Cavaleiros do Zodíaco – Lenda do Santuário: Imagens e novidades do filme


Saint Seiya CGI 2014

Todo fã de Cavaleiros do Zodíaco que se preze estava esperando noticias do aguardo filme de CDZ em Computação Gráfica tridimensional divulgado há tanto tempo. Estava, pois hoje, tudo foi revelado! Conheça a Lenda do Santurário (Legend of Sanctuary).

Masami Kurumada, criador da de Saint Seiya, está diretamente envolvido com a produção do filme, sendo o título, uma escolha sua. O diretor é Keiichi Sato e o roteirista é Tomohiro Suzuki.

De acordo com o que foi dito até agora, o filme sairá em 2014 e será uma nova versão da Batalha das 12 Casas com uma tecnologia de CGI avançado. O longa deve ser exibido na Alemanha durante o Berlinale (Festival de Berlim) entre os dias 6 e 16 de Fevereiro de 2014 e na França no Festival de Cannes entre os dias 14 e 25 de Maio de 2014 para efeito de avaliação.

No site http://www.saintseiya2014.com/ está escrito a mensagem de nosso mestre:

“A Lenda de Seiya começa aqui. Masami Kurumada”.

No site temos essas duas imagens: Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão, Hyoga de Cisne e Shun de Andrômeda lado a lado e o logotipo com o titulo Lenda do Santuário:

Saint Seiya CGI 2014 Saint Seiya legend of Sanctuary logo

Durante o evento japonês Tamashii Nations 2013, um trailer foi exibido, do qual obtivemos estas fotos e COM ESTA ATUALIZAÇÃO, TAMBÉM O TRAILER ABAIXO ou seguindo o link para Lenda do Santuário.

CDZ-fotos_trailer_cg_1 CDZ-fotos_trailer_cg_2 CDZ-fotos_trailer_cg_3 CDZ-fotos_trailer_cg_4 CDZ-fotos_trailer_cg_5 CDZ-fotos_trailer_cg_6

Para quem não se lembra, este foi o teaser trailer  do projeto:

A estréia deve se dar entre junho e julho de 2014 no verão nipônico. Agora é esperar por mais novidades de Saint Seiya Legend of Sanctuary que devem vir em avalanche agora.

Vida longa aos Cavaleiros de Atena!

Por: Dr. M. Barreto

Adicione-nos no YoutubeFacebook Twitter. Entre também no grupo do face HEROPOWER.

Leia também:

HEROVIDEO 23 – Cavaleiros do Zodiaco idiotas!

Os Cavaleiros do Zodíaco – Gemini: Capítulo 1 – Cástor e Pólux

Imagens da Semana 10: Vilões de Dragonball em versão realista

Shurato – Anime Clássico sobre Cavaleiros de Armadura

Yu Yu Hakushô, o Anime Perfeito

HEROVIDEO 23 – Cavaleiros do Zodiaco idiotas!


Shiryu de Dragão saga de hades

Como grande fã de Cavaleiros do Zodíaco, não poderia deixar de fora do Heroi X um dos momentos mais hilários da série Saint Seiya.

Assim como no primeiro HEROVIDEO em que Goku trolla Kuririn, agora temos uma descoberta real feita por Shiryu de Dragão numa conversa com Ikki de Fênix.

Entre no grupo HEROPOWER!

Por: Dr. M. Barreto

Adicione-nos no YoutubeFacebook Twitter.

Imagens da Semana 29: Cavaleiros do Zodíaco épico!


O ano está chegando ao seu final e eu não podia deixar 2012 passar sem o último Imagens da Semana do ano, o qual reúne as melhores imagens perdida na net. Cavaleiros do Zodíaco, não apenas me lançou ao mundo dos animes, assim como quase todos os otakus da velha guarda, como também fez parte da minha formação de caráter e filosofia de vida. Por essas e outras, CDZ merece o último post desse ano.

Desenho por algum artista desconhecido com os cinco protagonistas: Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão, Shun de Andrômeda, Hyoga de Cisne e Ikki de Fênix.

cavaleiros do zodiaco reunidos

Esta outra, revela o inicio do golpe Excalibur de Shura de Capricórnio, guardião da décima casa do zodíaco.

capricornio shura

Mestre Ancião ao melhor estilo Mestre Yoda

mestre ancião

E a minha preferida: Elevem seus cosmos, Cavaleiros de Athena!

cavaleiros do zodiaco epico

Viva Saint Seiya!

Por: Dr. M. Barreto

Adicione-nos no YoutubeFacebook Twitter.

Cavaleiros do Zodíaco – O Filme sairá em 3D!


Saint Seiya the movie cg

Os Cavaleiros do Zodiaco (Saint Seiya) é a série de anime pioneira no Brasil, responsável pelo boom que trouxe Dragon Ball, Yu Yu Hakusho e outros para cá. E mesmo após 26 anos do inicio do mangá, Saint Seiya ainda se mantém vivo

O site VARIETY divulgou informações importantes sobre o filme em Computação Gráfica dos Cavaleiros do Zodíaco. Durante a feira MIPCOM, em Cannes, na França, foi feito um novo anúncio do filme.
O filme terá um orçamento maior, em comparação a outros filmes da Toei Animation, e será lançado em 3D. um vídeo promocional de 13 minutos é aguardado para este final de ano (que irá vazar, de certo) e o filme tem previsão de término em Julho de 2013, não sendo ainda a data de lançamento. Muito bom se considerarmos que não há pressa no lançamento como houve com Prólogo do Céu.

Saint Seiya cg
O presidente de planejamento e vendas da Toei Animation, Kozo Morishita, e produtor da série clássica, disse estar negociando com empresas para lançar produtos e jogos de videogame. O executivo da Toei Animation disse que poderá ser lançado uma nova série de TV após o filme, se este fizer sucesso, diferente de Os Cavaleiros do Zodíaco Ômega.

Massami Kurumada ainda tem muito dinheiro pra arrecadar junto a TOEI animation!

Por: Dr. M. Barreto

Adicione-nos no Youtube, Facebook e Twitter.

Leia também

Quando o Pokémon não evolui

Fullmetal Alchemist: Da alquimia ao sucesso

Another – um anime de mistérios, suspense e sucesso

The Walking Dead – Crítica da segunda temporada parte 2

E se Dragonball fosse americano?

Imagens da Semana 23: Cavaleiros de Ouro em cartas de RPG


Por: Dr. M. Barreto

Os Cavaleiros do Zodíaco é um das séries mais queridas por otakus e não-otakus do Brasil, tanto por sua qualidade quanto pela revolução cultural que causou, sendo o responsável pelo boom dos animes.

Aqui temos algumas imagens bem peculiares dos mais poderosos Cavaleiros do Zodíaco, os Cavaleiros de Ouro. Todas elas como se eles fosse personagens de RPG dos clássicos medievais!

Veja as fotos

Mú de Áries como um Psionico.

Mu de Aries Cavaleiro de Ouro

Aldebaran de Touro como um Bárbaro.

aldebaran de touro Cavaleiro de Ouro

Saga de Gêmeos como um Mago.

saga de gemêos Cavaleiro de Ouro

Máscara de Morte de Câncer como um Necromancer.

Máscara de Morte de Câncer cavaleiro de ouro

Aioria de Leão como um Paladino.

Aiolia de leão cavaleiro de ouro

Shaka de Virgem como um Clérigo.

shaka virgo cavaleiro de ouro

Dohko de Libra como um Mestre das Armas.

Dohko de libra cavaleiro de ouro

Miro de Escorpião como um Patife (ladrão).

milo scorpio cavaleiro de ouro

Aioros de Sagitário como um Arqueiro.

Aiolos de sagitario cavaleiro de ouro

Shura de Capricórnio como um Espadachin.

Shura de capricórnio cavaleiro de ouro

Camus de Aquário como um Elementar.

Camus de aquarius cavaleiro de ouro

Aphrodite de Peixes como um Druida.

afrodite de peixes cavaleiro de ouro

Gostou? Tem alguma sugestão para o Imagens da Semana? Mande para heroisx3@gmail.com e tenha seu blog/tumblr/twitter ou whatever divulgado por nós.

Adicione-nos no Youtube, Facebook e Twitter.

Cavaleiros do Zodíaco Gemini: Cap 4 – O Senhor da Guerra


gemini-saga-kanon

Luz e Trevas se chocam em uma batalha de vida e morte. Entretanto , será tão fácil saber o que é luz ou trevas? Seremos nós seres que apenas possuem um destes atributos? Estamos presos aos desígnios do destino ou podemos escolher que rumos teremos em nossa vida? Essas questões movem o mundo e ao longo destes quatro capítulos eu mostrei que o ser humano é mais do que os Deuses previram, somos mais do que apenas marionetes nas mão dos destino. Quando o amor por algo é muito intenso, nossa energia (chame de cosmo, ki, reiki, chacra ou qualquer coisa que prefira) é capaz de romper com as cordas que nos controla. Por aqueles que amamos, podemos realizar qualquer milagre

Leiam Capítulo I, Capítulo II e capítulo III.

ATUALIZAÇÃO: Agradeço ao Ocioso por ter postado os três primeiros capítulos desta aventura, sei que assim como eu e vocês, eles são grandes fãs de Os Cavaleiros do Zodíaco!

Foi uma honra escrever esses capítulos. Espero que tenham sido leituras agradáveis.

Por: Dr. M. Barreto

Capítulo IV: O Senhor da Guerra

–           Aonde eu estou? –perguntou-se Saga. Aqui é tão… tranqüilo. Não sinto nada, nada além de… Paz. Sem dor, sem medo, sem pecados, apenas o descanso do final da jornada de um guerreiro.

A explosão provocada pelos cosmos dos Gêmeos liberou a energia equivalente a 5000 megatons. Apenas Star Hill, que é protegido pelos Deuses Olímpicos continuava de pé. Todo o resto num raio de 8,5Km foi aniquilado, mesmo com o cosmo de Atena protegendo a região. No cerne da grande esfera de energia que surgira horas antes, duas figuras foram avistadas e desapareceram do local à velocidade da luz pela força da compressão das Supernovas.

Saga desperta. Ele estava deitado no que parecia ser uma floresta tropical. “aonde eu fui parar?”, ele se pergunta. Não havia um ponto do corpo que não doesse. Ao levantar, percebeu muitas rachaduras em sua Armadura Dourada. Ele nunca havia visto uma Armadura de Ouro rachar desse jeito, os golpes tiveram uma potência sem igual. Provara para si mesmo e para seu irmão que aqueles 5 anos como cavaleiro de ouro o ajudaram a crescer mais do que qualquer sonho de Kanon.

–           Sou tão forte quanto um Deus! –Saga balançou a cabeça, incrédulo com o que acabara de dizer. Acho que bati a cabeça com muita força –pensou. Bem vejamos, ainda tenho que encontrar o corpo de Kanon.

Ele partiu em linha reta a alta velocidade em direção a um cogumelo de fumaça que se desmanchava a sua frente. Uma grande cratera abria-se no seu campo visual.

Lembrou-se de que no instante que as explosões galácticas se encontraram pareciam ter o mesmo nível, porém a de Saga empurrou a de Kanon de volta ao dono, mostrando quem era o mais poderoso. Seu oponente deveria estar ali em algum lugar caído, morto, destroçado tanto em corpo quanto em alma.

Levou poucos minutos para achar Kanon. Com certeza a Armadura de Ouro de Gêmeos fez toda a diferença, pois Kanon estava em frangalhos. A escama que usava  foi pulverizada junto com a planície de Albáfica, quase sem roupas, seu corpo estava ensangüentado, queimaduras vermelhas mostravam o efeito do poder do cosmo sobre o corpo humano nu. Kanon ao se movia. Saga foi acometido por uma terrível verdade. Ele matara a única família que lhe restara.

Agachou e examinou o corpo e viu que ainda restava um sopro de vida. Saga descobrira há muito tempo com Daidaros que um cavaleiro que teve o coração parado por um outro cavaleiro, poderia retornar a vida se o mesmo golpe fosse dado do outro lado.

–         O mundo estará melhor sem ele… –disse Saga sem conseguir se convencer

Ele o tomou nos braços e lhe entregou a Armadura de Ouro de Gêmeos e deu um grande salto para trás. Reuniu todo o cosmo que ainda possuía.

– Eu preciso da mesma energia que atingiu Kanon –Falou quase como um mantra. Mesmo que eu pereça, devo dar vida ao meu irmão!! Atena, me dê forças! Volte Kanon, Explosão Galáctica!

Uma enorme explosão fez o corpo subir e cair novamente. O coração de Kanon voltou a bater e seu irmão se sentiu muito aliviado, porém estava exaurido. Sabia que ele não poderia ficar solto. De repente, teve um pressentimento de que fez a escolha errado ao revivê-lo. Saga queria matá-lo novamente, todavia havia algo que o fazia se deter. Sentindo que seu desejo de vingança fora superado por algo superior ele decidiu levar o irmão para a prisão do cabo Sunion.

–           Bem, “errar é humano, perdoar é divino”, assim como eu! –Saga respirou fundo e olhou a sua volta. Por Atena! Por que eu estou dizendo essas coisas?

Saga ergueu Kanon e partiu em direção à costa do Santuário. A prisão do cabo Sunion era terrível, feita sob ordem de Atena em Guerras Santas anteriores, ela servia de julgamento para criminosos de guerra, amigos ou inimigos. Se fossem julgados culpados, o mar cobria-lhes e em instantes morriam, mas se julgados inocentes Atena ou o Grande Mestre deveria julga-lo arrependido ou não: se não a morte seria certa, mas se sim poderiam ser reincorporados a seus exércitos. A prisão era simples, uma caverna na encosta fechada com grades. Porém o cosmo de Atena estava sempre presente o que não permitia que nem mesmo o guerreiro mais poderoso pudesse escapar de lá sem a intervenção de um Deus.

–           Kanon! –disse Saga, alto, firme e forte fazendo com que seu irmão, já preso, despertasse.

–           Saga seu idiota por que você me prendeu aqui? Tire-me daqui agora! –respondeu Kanon enfraquecido se levantando.

–           Por que eu faria isso? –disse saga com um risinho cínico. Teria me matado sem piedade, eu por outro lado poupei sua vida e espero que você mude de lado e volte a ser um Cavaleiro do Zodíaco. Assim age um Deus!

–           Deus? –disse Kanon baixinho. Você não percebe? Já está igual a mim! Nós seríamos grandes juntos, seríamos invencíveis –falou o mais alto que sua  fraca voz podia. Deixe-me sair daqui e conquistaremos o Santuário e depois o mundo inteiro.

–           Não preciso de você para ser invencível, eu já o sou sozinho! Sou muito mais forte que você! E conquistarei o Santuário sozinho, serei o próximo Grande Mestre e o mundo será meu! –disse isso dando uma característica risada diabólica e indo embora devagar.

–           Ouça o que eu digo Saga você é como eu! Hoje eu consegui o que eu queria, despertei o demônio que havia em você! –Kanon deu a mesma risada diabólica que seu irmão, mas Saga já havia partido e não a escutara.

Mais tarde Saga e Aioros se encontraram com o Grande Mestre, e este nomeou Aioros seu sucessor. Saga tentou replicar, entretanto o Grande Mestre era irredutível em suas escolhas e não foi diferente agora. O Cavaleiro de Gêmeos saiu do Salão Papal esbravejando louco de uma fúria incontrolável. Neste mesmo dia, de madrugada, Saga tentava se acalmar olhando o mar, sentindo os ventos marinhos baterem no seu rosto.

–           Ei você!

Alguém disse isso , mas Saga não achou a origem nem conseguiu distinguir a voz.

–           Quem está ai? –disse Saga, mas não houve resposta.

–           Ei você, cavaleiro patético!

Saga ouviu dessa vez, era a sua própria voz. “Será Kanon” pensou. Mas como poderia se Kanon ainda estava preso no Cabo Sunion. De repente Saga começa a se contorcer de dor e sua visão ficou escura. De repente, ele acordou e tudo estava imerso em escuridão, com apenas uma forma se distinguindo a sua frente: ele mesmo.

–           Quem é você e onde estamos? –perguntou Saga firme.

–           Eu sou você mesmo… – disse o “outro Saga” calmamente. E aqui é a sua mente!

–           O que? –perguntou Saga olhando em volta.

–           Bem, eu não sou exatamente você, você poderia me chamar de Kanon –disse o segundo Saga com um risinho sarcástico.

–           Kanon? –disse Saga sem entender nada.

–           Sim, pois é nele que você deposita a culpa por tudo de mal que tu pensas e fazes.. –ele desfila de um lado para o outro desdenhando do real Saga –não é mesmo? –ele parou e fitou fixamente Saga, este desviou o olhar. Mas poderia me chamar de Face má de Gêmeos, demônio interno, Id.

–           Então você é o meu lado negro se revelando? –Saga elevou seu cosmo fazendo a escuridão em torno de si desaparecer. Então eu devo expurgá-lo de mim, assim serei bom por completo!

–           Mas como vai fazer isso? Toda a sua energia de bom samaritano foi gasta para derrotar seu irmão! – Eu, por outro lado, me alimentei do cosmo corrompido que você emanava a cada dia. Kanon e você deveriam ser iguais em tudo, até mesmo na maldade, mas você sempre quis ir na direção oposta –disse lançando um olhar malicioso. Agora sinta a força do cosmo daquele que será conhecido como o Rei do mundo!

–           Jamais deixarei que uma coisa dessas…–brandiu Saga alto parando abruptamente.

Algo estranho acontecia com Id, seus cabelos tornaram-se prateados, sua íris negra destoava da esclerótica rubra, seu rosto expressava ódio e loucura, seu cosmo era tão negro que se distinguia do resto da escuridão. A encarnação da guerra estava pronta. Fazendo com que a escuridão virasse o espaço sideral, lançou a Explosão Galáctica em Saga e este não teve forças para detê-la, caindo semi-morto, apenas balbuciando:

–           Poupe Atena –e desmaiou.

Em Star Hill, Ares meditava pedindo aos deuses que a escolha de seu irmão por Aioros fosse o melhor para o Santuário e o mundo. Estava ajoelhado de frente para o altar e de costas para a entrada principal. De repente, a porta se abre com violência.

–           Quem és tu que ousas entrar neste solo santo! –disse Ares de Altar firmemente, enquanto levantava.

–           Eu sou aquele que tomará o teu lugar e o de teu irmão –disse Saga, encapuzado, baixinho.

Ele ergueu um dedo e disparou um raio de luz em Ares. As roupas do sacerdote voaram e seu corpo embora aparentemente ileso já havia recebido o golpe fatal.

–           Desculpe-me, Senhor… –disse Saga deixando seus olhos reluzirem com as lágrimas.

Saga veste as roupas de Ares e sobe aos aposentos de Atena. Sob a Estátua da Deusa, ele encontra a arma definitiva deste mundo, um achado de uma Guerra Santa anterior: A Adaga Dourada. A única arma capaz de oferecer a qualquer humano sobre a Terra a chance de eliminar um Deus.

– Atena, minha doce e querida Atena… –começou a falar Saga enquanto entrava no quarto do bebê Atena. Sou um dos muitos homens que juraram protegê-la e espero que saiba que nunca gostaria de machucar a ti, Senhora. Tentei durante anos manter minha maldição enterrada, mas ela se libertou. Atena, eu te amo com todo o meu coração –em frente ao berço, ele empunha a Adaga e desfere o golpe.

Minutos antes…

–         Aioros… Vá ao quarto de Atena.

–         Quem está ai? –perguntou o jovem cavaleiro para o ar.

Garan e o pequeno Aioria estavam jantando na Casa de Sagitário quando Aioros se levantou assustado.

–         O que foi mano? –Aioria disse preocupado.

–         Alguém está falando com o meu cosmo e acho que sei quem é… –Falou Aioros enigmático. Garan, cuide de Aioria.

–         Sim senhor –disse genilmente o enorme guerreiro caolho.

–         Minha armadura está na sala do Grande Mestre, mas tenho que ir direto para o quarto de minha senhora –Aioros pensou.

Depois disto, a história já é muito conhecida nas entrelinhas dos pergaminhos do Santuário. O ataque de Saga é interceptado por Aioros que consegue fugir carregando Atena em seus braços, entretanto não antes que a face má de Saga o acertasse com um golpe a queima roupa. Saga, vestido como Ares, deu o alerta de que deviam capturar Aioros pelo crime de tentar matar Atena. Quando ficou sozinho novamente ele rezou por seu antigo companheiro.

–           Fuja Aioros, corra com toda a sua velocidade e esconda Atena…

–           Ele não vai conseguir, todos já estão a sua procura! –riu a face má de Saga.

–           Haverá um dia, em que aparecerão Cavaleiros do Zodíaco que serão meus sucessores. Eles protegerão Atena e eliminarão o mau do Santuário –disse a face boa com esperança. E nesse dia, Aioros voltará e vai lhe mostrar o porquê dele ter sido escolhido como sucessor do Grande Mestre.

Cavaleiros de bronze, prata e ouro buscam por Sagitário. Cinco constelações brilharam forte no céu, uma outra se nubla. Um homem dividido em dois chora e gargalha ao mesmo tempo. Um homem preso deve a sua vida à um bebê, e apenas saberá disso anos depois. Almas atormentadas. Almas amaldiçoadas. Todavia, à seu tempo, o bebê Atena salvará a ambos. Saga e Kanon sempre serão Cavaleiros de Atena.

Fim.

Adicione-nos no Youtube, Facebook e Twitter.

Enquete criada recentemente para eu saber o quanto esta história de Saga e Kanon agradou vocês!

Se gostou, leia o meu novo conto:Shinobi Legends – Prólogo!

Leia Também:

Shinobi Legends – Sinopse geral da saga

Shinobi Legends Episódio 1- Nasce uma Lenda Ninja – Capítulo 1: Yan

Death Note – Quando se estraga a melhor idéia

Goku versus Superman: O encontro de dois mundos

Cavaleiros do Zodíaco: Bandai fará armaduras em tamanho real!

Os cavaleiros do Zodíaco – Gemini: cap 2 – Destino


gemini-saga-kanon

Antes de começar, eu gostaria de agradecer a todos os que leram o Capítulo I. Também gostaria de acrescentar algumas informações sobre esta mini-saga. Ela é composta de quatro partes sendo lançadas quinzenalmente. Alguns fatos estão direntes da saga clássica e suas derivadas, pois eu fiz um polimento na história de modo a deixá-la atual e mais verídica, além de amarrar pontos que meus mestre Kurumada, os roteirista e diretores do anime deixaram soltos. Então, não estranhem datas e idades diferentes, tudo faz parte de um processo de renovação.

Obrigado.

Por: Dr. M. Barreto

Capítulo II: Destino

Após as lágrimas secarem, a vida continua.

Os meninos voltaram com o corpo morto do pai. Kanon colocou-o nas costas e seguiu cambaleante de volta ao Santuário, enquanto Saga corria na frente para avisar aos sentinelas de sua chegada.

À noite, o corpo do general foi velado no cemitério dos Cavaleiros, onde residiam os corpos dos milhares de cavaleiros que morreram nas eras passadas. Um templo gigantesco e maravilhoso, com uma estátua central de Atena e escritos nas paredes, contando a história dos heróis que ali jaziam. Um simples general ser enterrado ali era a maior honra que lhe podia ser feita. Tudo graças ao Grande Mestre que o reconheceu como um legítimo defensor de Atena. Estavam presentes os gêmeos e sua mãe, Gigars (o outro general o Santuário), Ares de Altar (irmão e conselheiro do Grande Mestre) e o Grande Mestre em pessoa.

Aquele foi um dia de grande lamurio, pois Dilios era muito querido entre suas tropas. O único que não parecia estar desolado era Gigars, pois sempre invejou a popularidade do companheiro. O Grande Mestre se aproximou dos gêmeos e abraçou a ambos. Saga sentia seu cosmo quente envolver-lhe por completo, nunca havia experimentado nada parecido. Kanon sentiu sua tristeza desaparecer como as trevas se dissipam quando uma luz surge.

– Meus meninos, vocês tiveram uma grande perda e mesmo assim enfrentaram uma dura batalha sem hesitar –A voz do Grande Mestre era gentil e penetrava nos corações dos garotos. Essa é a prova indubitável de que vós sois Cavaleiros de Atena. Cresçam e se tornem fortes para honrar o legado de seu Pai.

O tempo passou e a cada dia, os gêmeos renovavam a promessa feita ao Papa. Kanon e Saga treinaram juntos por mais 3 anos, descobriram o sétimo sentido e ampliaram a Explosão Galáctica a um nível nunca sonhado por seu pai. Conseguiam abrir uma outra dimensão e atravessar seu cosmo por ela, criando a técnica “Outra Dimensão” com este aprendizado. Estenderam seus conhecimentos a um patamar no qual guerreiro algum os venceria. Mas, no último ano de treinamento eles foram aconselhados por Ares a viajar separadamente ao redor do mundo e descobrir a vida fora dos muros invisíveis do Santuário.

Kanon treinou em Porto Rico. Conheceu a região denominada de triangulo das bermudas e ajudou ao máximo as pobres pessoas daquele país. Saga foi para o Golfo Pérsico. Viu os horrores de uma guerra que devastou quase metade do território iraquiano e matou milhares, senão milhões de pessoas. Saga sempre rezava para que Atena renascesse logo e terminasse com o sofrimento de todas aquelas pessoas, pois o que ele podia fazer por eles era pouco perto do poder da Deusa Atena.

E lá estavam eles um ano depois, frente a frente. Todos que estavam no enterro de seu pai, somados a uma multidão de soldados, apenas esperando a luta começar. O Grande Mestre os chamou a sua sala horas antes da luta começar. Os irmãos estavam de joelhos e de cabeça baixa de frente para o trono onde o representante de Atena estava sentado, com seu irmão de pé do lado direito.

–           Vocês dois têm poderes incríveis, eu devo dizer –disse o Papa solenemente. Vosso pai estaria orgulhoso.

–           Obrigado, senhor –disseram ambos respeitosamente.

Ele ainda possuía a mesma voz solene e encantadora, pensou Saga. O Grande Mestre estava passando por maus momentos, pois a idade chegava mais rápido do que ele imaginava. Estava doente naqueles dias e mesmo falar já era cansativo.

–           Devo dizer que só há uma Armadura de Ouro de Gêmeos, mas pelo que vejo existem dois cavaleiros para a terceira Casa do Zodíaco.

–           Como assim, Mestre? –perguntou Kanon erguendo um pouco a cabeça.

–           Não importa o resultado da luta, a Casa de Gêmeos terá dois cavaleiros, um que vestirá a armadura e o outro será 89o Cavaleiro do Zodíaco. Sempre que um não puder usar sua vestimenta o outro deverá faze-lo, entenderam –eles estavam estupefatos com essa revelação e não puderam murmurar mais do que “sim”. – A luta de hoje só nos mostrará quem tem o maior valor para ter o título oficial de Cavaleiro de Ouro da Casa de Gêmeos.

Na arena do Coliseu do Santuário estavam frente a frente, Kanon (de túnica azul) e Saga (de túnica verde). Sua mãe acena para ambos e Ares foi quem deu a ordem para começar o combate.

Kanon partiu para cima com um poderoso soco, do qual seu irmão se esquiva e contra-ataca com um chute igualmente forte que é bloqueado por Kanon. Os dois retornam às posições iniciais e partem um em direção ao outro com vontade e garra. Desferindo milhares ou talvez milhões de golpes por segundo.

–           Por Atena, nunca vi nada parecido! –gritou um soldado.

–           Será que são mesmo humanos!? –berrou outro.

–           Acho que são deuses ou demônios disfarçados de pessoas! –falou um outro.

–           Nada disso –disse uma voz feminina. Eles são os meus filhos – a mãe dos gêmeos estava sorrindo. Dilios teria ficado feliz ao ver esse dia –pensou, deixando uma lágrima cair.

Os borrões verde e azul se chocavam intensamente no ar, com uma aura dourada envolvendo-os. A energia desprendida dos golpes destruía o chão abaixo, para terror dos soldados que assistiam. De repente os borrões se separam e vemos os gêmeos de volta.

–           Nossas forças são equivalentes, Saga –disse Kanon ofegante.

–           Pelo que parece, essa será uma guerra de mil dias, maninho –falou Saga igualmente ofegante, mas com um sorriso de satisfação no rosto.

–           Não quero esperar tanto tempo –Kanon disse sério. Acho que não tenho escolha, vou ter que usar aquilo –disse Kanon desfazendo a pose de luta.

–            O que? –espantou-se Saga.

Kanon elevou seu cosmo ainda mais alto do que antes para delírio da platéia. Até o Grande Mestre que em tempos remotos apresentava um poder quase divino se surpreendeu com tamanha energia cósmica reunida num só ser. O cosmo de Kanon continuava a crescer, sua aura dourada o encobria por completo. Saga observava incrédulo a ação de seu irmão, não pela magnitude do cosmo, pois seu poder era igualmente grande, mas pelo que ele sabia que viria a seguir.

A aura de energia atingiu estabilidade e parecia regredir, daí podemos ver Kanon com as mãos erguidas para o céu, antebraços entrelaçados e com as mãos de costas uma para outra. Saga do outro lado do Coliseu esbravejou:

–           Meu irmão, você está louco!? –gritou num tom reprovador de irmão mais velho (mesmo que apenas cinco minutos tenham separado o nascimento dos dois). Se fizer isso você vai condenar muita gente inocente à morte, até mesmo a mamãe.

–           Não me importa! Eu irei vencer você de qualquer jeito, Saga! –disse dando uma sonora e característica gargalhada, muito odiada na época atual. É melhor se preparar!

O cosmo de Kanon se acumulou completamente entre suas mãos e podia se observar uma janela para uma galáxia com planetas, nebulosas e estrelas. Saga ascendeu seu cosmo rapidamente e em sua mente veio uma definição do ataque de Kanon:

“Para invocá-lo é preciso que o cosmo atinja nível tal que sejamos capazes de abrir um portal para um universo distante e oculto. O vácuo do espaço infinito unido a seu cosmo cria uma atração que leva tudo a ser absorvido para onde não se poderá mais voltar, onde a vida e a morte são a mesma coisa”.

–           Outra Dimensão!!! –brandiu Kanon.

Saga sentiu-se atraído pelo poderoso ataque, viu vários objetos e pessoas voarem para dentro da Outra Dimensão, e não fez nada para fugir, ao contrário, em um centésimo de segundo ele saltou para frente, postando-se na retaguarda do irmão, atingindo-o com uma ombrada a altíssima velocidade. Kanon caiu no chão, bem com as pessoas que estavam sendo tragadas pelo ataque. A outra dimensão desapareceu com a perda de concentração de Kanon.

–           O que você tem na cabeça! –brandiu Saga se aproximando do irmão a passos largos. Iria me matar e todas a estas pessoas, só para se tornar cavaleiro!? – berrou furiosamente lançando diversos socos que se convertiam em feixes de luz. Responda-me, seu idiota!

–           Quem é você para me julgar –disse Kanon levantando sem dificuldade. Você assim como eu, quer ganhar a armadura mais do que tudo!

–           Não mais do que tudo! –brandiu como o rugido de um trovão. Não mais do que eu quero bem a você e a nossa mãe, não mais do que eu respeito o Grande Mestre, não mais do que eu amo Atena! –pontuava cada nome com um golpe na velocidade da luz.

–           Deixe essas palavras tolas e venha me enfrentar! –desdenhou Kanon, limpando o sangue do canto da boca.

–           Palavras tolas? –repetiu saga balbuciando. O que aconteceu com você, irmão –lamentou-se o gêmeo vestido de verde.

Kanon retornou a posição de ataque de antes, elevou seu cosmo ao máximo, e concentrou seu cosmo novamente. Dessa vez Saga elevou seu cosmo ao mesmo tempo que seu irmão, revelando uma cosmo energia igualmente poderosa. Todavia, Saga percebeu a mudança das intenções de seu irmão.

–           Explosão Galáctica!!!

Cavaleiros do Zodíaco Gemini: Cap 3 – A Face da Maldade

Cavaleiros do Zodíaco Gemini: Cap 4 – O Senhor da Guerra

Adicione-nos no Youtube, Facebook e Twitter.

Leia também:

Não perca o novo conto que se inicará essa semana Shinobi Legends!!! Leia o prólogo no link.

Leia também:

Shinobi Legends – Sinopse geral da saga

Cavaleiros do Zodíaco: Bandai fará armaduras em tamanho real!

Os Vingadores – The Avengers: Critica sem spoilers

Conan – O Bárbaro que conquistou o mundo

Kazuma Kuwabara – De bad boy número 1 a estudante modelo

%d blogueiros gostam disto: